05 de Outubro| 19h

Violência de gênero: Direito, Saúde e Diversidade

INSCREVA-SE GRÁTIS

Contato

Você está a um formulário de distância de aumentar seu conhecimento na área!

Horário de Brasília

Sobre o evento

O fenômeno da violência está presente no cotidiano da vida social, repleto de contradições, antagonismos e conflitos nas suas complexas formas de expressão. Comumente, a violência é interpretada como uma disfunção social, naturalizando-a como fenômeno ordinário em diferentes sociedades. Contudo, se faz necessário compreendê-la, desvelando as suas representações sobre o real que ocultam o seu caráter humano e sócio-histórico. O evento propõe dar visibilidade a estas questões, explicitando suas dimensões particulares e universais, constituídas em sociedades historicamente determinadas, como é o caso brasileiro, e a interface necessária entre as políticas de saúde e afirmativas de gênero como resposta estatal emergente para o enfrentamento da violência contra a mulher.

Palestrantes do evento

Promotora de Justiça Criminal do MPPE (desde 1999 até a presente data), com atuação no Tribunal do Júri da Capital, Coordenadora do Centro de Apoio Operacional as Promotorias de Defesa de Cidadania do MPPE -CAO-Cidadania (2019/2022); Coordenadora Interina do Núcleo de Apoio a Mulher do MPPE em 2010; Assessora Técnica em matéria administrativa da Procuradoria Geral de Justiça do Estado de Pernambuco (2018/2019); graduada em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco (1995); especialista em Direito Processual Penal (UFPE/FADICA) e Violência contra Criança de Adolescente (USP) e pós-graduada em Direito Público (ESMAPE); foi presidente do Instituto do Presidente da Associação do Ministério Público de Pernambuco (2016/2018); membro da Academia Brasileira de Ciência Criminais –ABCCRIM; exerceu a docência desde 2005; escritora e palestrante.

Dalva Cabral de Oliveira Neta

Violência e revitimização.

Tema:

Juíza do Trabalho no TRT 6ª Região, Titular da 8ª Vara do Trabalho do Recife, escritora e professora universitária e palestrante. Formada em Direito pela UFPE em 1990, especialização em Processo Civil pela UNIPÊ em 1994, Pós Graduada em Direito à Saúde e Direito Médico pela UNIVASF em 2016, Pós Graduada em Psicologia Jurídica pela Faculdade IDE em 2020. Gestora do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem nos biênios 2018/2020 e 2021/2023.

Andréa Keust Bandeira de Melo

De Medusa a Maria da Penha, a triste

face da violência de gênero no Brasil.

Tema:

Juíza do Trabalho - Titular da 14ª Vara do Trabalho do Recife. Doutora e Mestra em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco. Especialista em Direito Material e Processual do Trabalho. Professora de Graduação e Pós Graduação nas áreas de Direito do Trabalho, Direito Processual do Trabalho e, Direito Constitucional e Teoria Geral do Estado. Membro da Academia Pernambucana de Letras Jurídicas. Membro da Academia Brasileira de Ciências Criminais. Membro Integrante do Conselho Internacional de Estudos Contemporâneos em Pós-Graduação na Revista de Direito do CONSINTER. Membro do Conselho Editorial da Juruá Editora. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa “Jurisdição e Processos Constitucionais na América Latina: Análise Comparada” vinculado à Universidade Federal de Pernambuco.

Roberta Corrêa de Araújo

Violência e assédio contra a mulher no mundo do trabalho e a convenção 190 da OIT

Tema:

Advogada, especialista em Direito do Trabalho com atuação em demandas contenciosas e consultivas estratégicas de alta complexidade e compliace trabalhista. Professora das disciplinas de direito do trabalho, direito processual civil e de meios adequados de resolução de conflitos. Integrante da Comissão da Mulher Advogada da OAB/PE e do Comitê de Combate à violência do Grupo Mulheres do Brasil – Núcleo Recife, Coordenadora de gênero da ESA-OAB/PE, Escritora. Presidente do Instituto Xegamiga de combate à violência contra as mulheres. Idealizadora do Projeto Tão Tão Aventureiro dedicado à pauta da ética, calores humanos e cidadania para crianças e adolescentes.

Daniela Alexandre Cesáro de Mello

Tráfico de mulheres e a necessidade de seu enfrentamento.

Tema:

Médica. Membro titular da SBOC Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica RQE: 7553 Pós-graduação em Predisposição Hereditária ao Câncer pelo Hospital Israelita Albert Einstein. Mestre em Perícias Forenses pela UPE. Doutoranda em Medicina Translacional pela UNIFESP. Oncologista Clínica do Hospital Universitário Oswaldo Cruz e da NEOH Rede D’OR Recife. Preceptora de graduação e pós-graduação da Faculdade de Ciências Médicas FCM / UPE. Docente da Disciplina de Oncologia do curso de Medicina da UNINASSAU /SER EDUCACIONAL. Membro da CONPEJ – Conselho Nacional dos Peritos Judiciais. Perita Forense.

Cristiana de Lima Tavares

Adoecimento mental da mulher, trauma e câncer.

Tema:

Promotora de Justiça do MPPE. Coordenadora do Núcleo de Apoio à Mulher do MPPE. Mestranda em Políticas Públicas pela UFPE. Associada e Diretora da AMPPE. Associada do MPD.

Bianca Stella Azevedor Barroso

Violência política contra as mulheres.

Tema:

Por que fazer Pós-Graduação na UNINASSAU Digital

Estude onde quiser sem abrir mão da interação

Formação a partir de 12 meses

Certificado igual ao do presencial

Melhor ambiente virtual de aprendizagem do mundo

Suporte técnico e pedagógico com tutores online

Professores reconhecidos e com experiência

"Eu adorei o curso, fiquei deslumbrada.

Sou formada em Direito mas estava parada, afastada do mercado. Em 2020 decidi voltar aos estudos e achei o curso na UNINASSAU. Estou adorando o acompanhamento, minha tutora dá todo o suporte que preciso. Sou muito grata a todos!"

Conheça o depoimento de nossos alunos:

Paula Germana Barbosa

Aluna Pós Digital

"Quando a pandemia chegou, senti a necessidade de me qualificar enquanto docente para oferecer aos meus educandos um ensino mais adequado à nova realidade. Por isso, me matriculei na Pós em Metodologias Ativas e tenho curtido as vantagens de estudar no horário e local mais conveniente."

Mário Gouveia

Aluno Pós Digital

Perguntas frequentes

Tem diferença entre certificado online e presencial?

Não. O seu certificado de curso online tem o mesmo valor do certificado presencial. O MEC não faz qualquer distinção e o seu diploma sequer menciona a modalidade de ensino.

Quanto tempo para receber o certificado?

Após a conclusão do curso, o estudante será chamado para retirar seu certificado no polo de apoio em até 6 meses.


Para isso, é preciso ser aprovado em todas as disciplinas, estar em dia com o pagamento do seu curso e ter entregado todos os documentos da matrícula.

Quais as formas de pagamento aceitas para fazer a pós?

Você pode fazer o pagamento da sua pós-graduação à vista pelo boleto bancário, via Pix ou dividindo em até 12x vezes no cartão de crédito.

As instituições
e os cursos são autorizados pelo MEC?

Sim. As instituições são credenciadas pelo MEC, com todos os seus cursos plenamente autorizados, de acordo com a Portaria nº 2.136, de 12 de dezembro de 2019.

Quem é o Ser Educacional?

O Grupo Ser Educacional é um dos maiores grupos de educação de todo o Brasil.


Presente no setor educacional desde 1994, somamos décadas de experiência e aprovação, com seus mais de 500 polos de educação presentes em todo o território nacional.


Temos algumas das mais reconhecidas e prestigiadas universidades do país, como: UNINASSAU, UNAMA e UNINORTE em Manaus; UNG em Guarulhos-SP, UNINASSAU, tendo formado quase 200 mil alunos.

0800 281 9999

Mais informações:

Nos siga em nossas redes sociais: